Nossa passagem pelo Mind The Sec e Cibercrime no ambiente Mobile

ElevenPaths    30 septiembre, 2016
Durante a última semana estivemos no Mind The Sec, uma das conferências mais importantes de segurança no Brasil, reconhecida pelo público como um dos melhores eventos corporativos de segurança, reunindo quem realmente pensa e decide sobre o assunto, o evento já teve presenças importantes como Eugene Kaspersky, Bruce Schneier e neste ano contou com o keynote John Mcafee, fundador da McAfee Antivirus e pré-candidato à presidência dos EUA.
A Telefônica | Vivo Empresas garantiu sua presença com um stand localizado ao lado do principal auditório, onde era possível conhecer todas as soluções de segurança disponibilizadas para o mercado brasileiro, além de realizar mini palestras e reuniões com clientes, parceiros de negócio e fabricantes.  Contanto com a visita de mais de 300 pessoas durante os dois dias de evento.
O evento também contou com uma palestra do Gerente
de Produtos de CyberSecurity e Inovações, Luiz Henrique Barbosa que mostrou como
o aumento exponencial da conectividade e dispositivos móveis incide no grande
crescimento do número de ameaças e malwares para este tipo de dispositivos e
que o cibercrime está crescendo consideravelmente, ou seja, os sistemas de
proteção como Firewalls, IPS, WAF, etc. que apesar de necessários, já não são
mais suficientes, pois muitas das cyber ameaças estão fora do perímetro da
empresa.

Segundo pesquisa anual de Administração e
uso de Tecnologia nas Empresas (FGV-SP), temos
hoje mais de 168 milhões de smartphones no Brasil, sendo que o sistema
operacional do Google possui uma grande fatia do mercado com 84,70% e mais de 1
bilhão de usuários, levando a ser o principal sistema explorado pelo cibercrime
nesta tecnologia, mas que isso não significa que outros sistemas, como o IOS da
Apple está livre de ameaças, pois já foram identificados malwares que exploram
este tipo de sistema.

Muitos malwares podem se passar por um
simples game infantil, aplicativos empresariais ou até mesmo um antivírus, isto
mesmo, um aplicativo que você confia esperando que irá te proteger, mas que na
realidade é uma ameaça.

O número de como a evolução desses malwares
de 2013 até 2015, segundo relatórios da empresa de antivírus Kaspersky,
impressionam muito, pois relatam a evolução e aumento dessas ameaças no Brasil
comparado a demais países da Europa, atacando cerca de 50 a 100 mil usuários em
2015
O que nos chama a atenção é a evolução dos
malwares do tipo RAT (Remote Access Trojan) que possibilita o acesso remoto ao
dispositivo da vítima, permitindo ações como o furto de informações tais como,
fotos, vídeos e até mesmo o número do token bancário recebido por SMS, além da
possibilidade de excluir todos os registros das ações que poderiam levar a
vítima a suspeitar da ação maliciosa.

Por fim, foi apresentado como a Telefônica
| VIVO está ajudando seus clientes a identificar estes tipos de ameaças, auxiliando
as empresas a detectar pró-ativamente estes tipos de aplicativos e impedindo
que seus clientes sejam prejudicados com estes e demais tipos de fraudes,
contribuindo assim com a estratégia de segurança. 



Na apresentação os congressistas puderam observar
como que os nossos profissionais de cyber inteligência atuam com a ferramenta Tacyt, que faz parte do nosso produto Vigilância Digital na busca por estes
tipos de ameaças. Tacyt é uma
plataforma desenvolvida pela própria Telefônica ElevenPaths que soma
tecnologias como BigData, Cloud Computing e a inteligência proporcionada pelas
fontes OSINT (Open Source Intelligence) enriquecendo as buscas através das
informações providas de fontes públicas, realizando pesquisas extremamente
rápidas em mais de 5 milhões de aplicativos móveis catalogados e armazenados em
um big data, permitindo a criação de filtros, buscas complexas e correlação de
informações.

“Hoje qualquer empresa é foco de ataque,
não importa o tamanho ou segmento em que atua, e para as empresas serem cada
vez mais competitivas no mercado e conquistarem cada vez mais seus clientes,
elas precisam prevenir e responder aos mais diversos tipos de ataques
cibernéticos com mais agilidade”, diz Luiz Henrique Barbosa.

Este evento foi sem dúvida uma grande oportunidade de fortalecermos ainda mais a nossa marca VIVO Empresas como um dos principais prestadores de serviços em tecnologia e segurança da informação no Brasil.

O link para o conteúdo da palestra é: http://pt.slideshare.net/luizcabuloso/mind-thesec-cibercrime-tambem-e-mobilev

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *